domingo, 29 de novembro de 2009

Renovação


A cada dia que nasce somos convencidos de que O Criador nos brinda com novas possibilidades. Deus, na sua infinita bondade, nos presenteia com o sol que vem para renovar as nossas esperanças de dias melhores. Obrigada, Deus! Você é maravilhoso!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Benditas




Benditas coisas que eu não sei
Os lugares onde não fui
Os gostos que não provei
Meus verdes ainda não maduros
Os espaços que ainda procuro
Os amores que eu nunca encontrei
Benditas coisas que não sejam benditas
 
(Letra de Mart'Nália)

Terceiro Dia


sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Quando a Imagem...

Vale mais que mil palavras...





Cabo Frio/2009
Minha mãe, irmãs ,filhos e sobrinha


quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Eu Já Sabia

Mesmo não sendo a melhor foto dele para capa de uma revista, o meu ídolo foi eleito pela segunda vez o
  
 HOMEM MAIS SEXY DO MUNDO


Mas nem precisava de eleição, né. Parabéns, meu eterno:


Dom Juan DeMarco
Edward, Mãos de Tesoura
Capitão Jack Sparrow
Willy Wonka
Donnie Brasco
Ichabode Crane
Roux (em Chocolate)
Frederick Abberline (From Hell)


Johnny Depp Forever

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

É Muita Coragem





• Encher o corpo de piercings, por fora e por dentro.

• Usar roupa de oncinha, seja em qualquer idade.

• Ficar todo tatuado a ponto de não se enxergar um milímetro de pele.

• Comprar um carro, seja de qualquer marca, da cor amarela.


Acho tudo isso UÓ. E você, o que acha?

O Avesso do Avesso do Avesso

Para tudo que eu quero descer. Onde estamos mesmo? Ah, século 21, era moderna, tecnologia avançada, liberdade de expressão, democracia... E então nos deparamos com a inversão da ordem, damos de cara com o submundo do bom senso. Já postei inúmeras vezes mensagens enaltecendo a mulher, o feminino, a luta por direitos iguais. Só que tem uma coisa me incomodando muito: a universitária da Uniban.

Eu não A-GO-EN-TO (assim mesmo, com O) o celeuma em torno deste assunto e desta moça. A princípio me pareceu mais uma vítima do machismo latino e retrógrado, ao qual temos nossas raízes  fincadas até o talo. Mas agora eu estou "pegando um nojo" desta situação que mal consigo ler as primeiras frases das manchetes que lampejam em gás neon sobre nossos olhares atordoados em qualquer site da internet.

Começo a achar que não passa de mais uma oportunista que quis chamar atenção para si mesma e conseguir uma boquinha na Playboy, como aliás, já está confirmado, segundo o portal terra. "Exclusive", a recatada senhorita vai pousar junto com uma global. Não é pouca coisa não, hein, gente! Conseguiu atrair os holofotes desta mídia faminta por sensacionalismos que vão desde o alto até o mais baixo escalão, que envolvem presidente, senadores, presidiários, universitários... É, na minha época de faculdade, a preocupação era conseguir a nota mínima para não atrasar a formatura. A gente fazia matéria extra-turno para não agarrar no final do curso. Fazíamos trabalhos a mão, ou quando muito, digitados numa máquina tipográfica.

Agora nem mais se precisa de vestibular, faculdades estão aí aos borbotões cercando alunos na rua para fazerem inscrições. Pagou passou. Monografias são vendidas até em bancas de revistas. Vemos diariamente o nível de profissionais no mercado, médicos cometendo erros fatais em cirurgias estéticas, engenheiros que erram cálculos fazendo prédios e viadutos desabarem sobre nossas cabeças. Psicólogos de beira de esquina formados em butecos. Professores que falam e escrevem errado. É isso aí, minha gente. Mostrar as pernas, provocar frisson, se fazer de coitadinha dá muito mais dinheiro. Pra que enfrentar banco de faculdade? Ah, dentre em breve Geysi aparecerá no Ego em um "clique descuidado" com a calcinha à mostra. Ela declarou que adora ver suas fotos nos jornais, e,  em breve verá sua nudez estampada em uma capa de revista masculina! Bem típico de subcelebridades e gente de baixo nível.

Parafraseando Dinho Ouro Preto, que ao cair do palco e sofrer traumatismo craniano, cantava em alto e bom som: "Que país é esse? É a p**ra do Brasil!"

sábado, 14 de novembro de 2009

Orgulho de Ser Mineira

Gostaria muito de poder encontrar palavras para dizer do orgulho que sinto de ser mineiro. Meus pais não poderiam me dar um presente melhor. Se existir outra vida, quero nascer mineiro de novo. Mas tem uma coisa que eu gosto mais do que ser mineiro: é namorar as mineiras. Mineira não usa perfume e cheira gostoso demais. O jeito irresistível que a mineira tem para conversar no portão, sem encarar nos olhos e mexendo com os botões da nossa camisa é que nos conquista. Essa sabedoria não se aprende na revista Capricho nem nos livros de auto-ajuda.

Joaquim da Mata, o Velho Quincas, filósofo dos cafundós de Minas, quando compara o jeito de ser de uma mineira com o de outra mulher, afirma que a "deferença" está no preparo. O "caldinho" que envolve a mineira e dá a ela este jeitinho tão gostoso foi preparado em panela de ferro num fogão à lenha. Mineira não mente, conta lorota. Não menstrua, fica úmida. Não paquera, espia. Não fica bonita, já nasce formosa. Mineira não curte um som, ouve música. Não fala, proseia. Mineira não come estrogonofe, mas adora um picadinho de carne. Não faz crediário, compra fiado. Mineira não transa, faz amor. Não fica pelada, mostra as "vergonhas". Não erra, comete engano.

Mineira não chupa cana, toma garapa na beira do engenho. Não liga pra ninguém, mas telefona pra todo mundo. Mineira ama diferente. Flerta de longe, promete com o olhar e cumpre tudo o que nos deixou sonhar e não precisou esclarecer com palavras. Ela sabe que amor não é pra discursar, é pra fazer. Ama com os olhos, com as mãos,com o sorriso, com os gestos. Mineira ama com o corpo inteiro e com toda a sofreguidão da alma.

Conheci muitos tipos de brasileiras. Faceiras,trigueiras, formosas, poderosas, aditivadas, turbinadas, loiras, morenas, mulatas, cafuzas, todas bonitas, mas lhes falta essa brejeirice das mineiras, essa paciência de tecer sem pressa uma teia de aconchegos e mimos, de lembranças e sorrisos, que nós das Gerais tanto apreciamos. Existem coisas que já nascem com a mulher e muitas destas coisas estão diretamente ligadas ao lugar. Mineira faz doce como ninguém neste país. Quem já provou doce de cidra ou de leite feito por mineira, sabe o que é bom. Goiabada e marmelada, então, nem se fala.

Mineira estuda menos e ensina mais porque o que há de importante ela já nasceu sabendo. Mineiras se embelezam com bijuterias e ofuscam o brilho de jóias raras. Vestem-se de chita e ficam bonitas, porque mineira não segue moda: faz moda.

Mineira não usa tênis, enfeita as alpercatas. Mineira vai à igreja, assiste missa, comunga, mas por via das dúvidas toma um passe no centro espírita e joga rosas vermelhas pra Iemanjá no corgo de frente à horta. Sabe que são misteriosos o caminhos que levam às graças de Deus.

Também faz política, porque sempre sabe distinguir o certo do errado. Escondida por trás da simplicidade de toda mineira está uma guerreira pronta pra lutar pelo Brasil. Dizem mesmo nas Gerais que é a mulher quem ensina o homem a ficar rico.

Mineira não é feminista: é feminina. Pra que lutar contra os homens, se todo o poder está nela? Mulher, quando casa com homem rico, vira madame. Mineira vira esposa.

(Texto enviado por e-mail por Cida Hostalácio - autoria desconhecida)

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sorte


Tudo de bom que você me fizer
Faz minha rima ficar mais rara
O que você faz me ajuda a cantar
Põe um sorriso na minha cara


Meu amor, você me dá sorte
Meu amor, você me da sorte
Meu amor, você me dá sorte na vida

terça-feira, 10 de novembro de 2009

O que eu mais queria agora...


Era estar diante de um rio de águas claras que corresse por entre pedras e tivesse peixinhos a saltitar por entre a corredeira.

Queria poder banhar meu corpo cansado e reconfortar minha alma. Sentir a temperatura agradável da água acariciando minha pele e me deixando mais leve. A vida tem sido pesada demais!

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Amo Muito Tudo Isso - II

Fanatismo


 
Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer a razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!


Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros:
"Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: Princípio e Fim!..."


Florbela Espanca / Livro de Soror Saudade (1923)

Finde

Amo Muito Tudo Isso

Skank - Sutilmente

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe
[...]

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti
[...]

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

Link para vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=ZI9jHSZM4ag

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Michael Jackson

AVISO: Se você não é fã do cantor sugiro que pule este pos

Hoje assisti ao filme-documentário This is it. O último trabalho do rei do pop, o ensaio que virou show, porque na vida, muitas vezes, não temos tempo para estrear e ficamos só ensaiando. Para minha surpresa, plateia lotada. Uma sequência de músicas adoráveis, com a sempre deliciosa performance do cantor-bailarino, que no auge dos seus 50 anos, um corpo franzino, quase esquelético, ainda dançava magistralmente, como se flutuasse em passos anti-gravidade. O seu jeito de dançar me hipnotiza, nunca ninguém conseguirá imitá-lo. This is it, uma super produção que não teve tempo de brilhar nos palcos britânicos. Um legado que Michael Jackson deixou para seus fãs. Fãs como eu que curtiu muito suas músicas nos anos 80 e que foi consumida pelos escândalos sucessivos causados pela fama, pela excentricidade deste astro que partiu tão cedo... Ao menos ele teve tempo de mostrar que não era só um poço de bizarrice, mas que por detrás de tudo de ruim que marcou boa parte de sua vida, ainda existia um ser humano capaz de surpreender e de se superar. Seus últimos dias comprovam isso. This is it está aí para provar.