terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Humberto

Humberto

Você é o meu alicerce, a base sólida desta união de mais de duas décadas...

Você é o meu porto-seguro, meu marido, meu amigo, companheiro...

Sou privilegiada por ter você ao meu lado. Parabéns! Beijos



domingo, 26 de fevereiro de 2012

Carpenters - Only Yesterday

Only Yesterday



After long enough of being alone
Everyone must face their share of loneliness
In my own time nobody knew
The pain I was goin' through
And waitin' was all my heart could do

Hope was all I had until you came
Maybe you can't see how much you mean to me
You were the dawn breaking the night
The promise of morning light
Filling the world surrounding me
When I hold you

 Baby, Baby
Feels like maybe things will be all right
Baby, Baby
Your love's made me
Free as a song singin' forever

Only yesterday when I was sad
And I was lonely
You showed me the way to leave
The past and all its tears behind me
Tomorrow may be even brighter than today
Since I threw my sadness away
Only Yesterday

I have found my home here in your arms
Nowhere else on earth I'd really rather be
Life waits for us
Share it with me
The best is about to be
So much is left for us to see
When I hold you


Carpenters - Amo demais!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Este lugar...

Vai me deixar com saudade....


Casa de campo da minha irmã Bruna que fica a 160 km de Belo Horizonte, distrito de Martinho Campos. Passei alguns dias do Carnaval por lá, me despedindo... O sítio está à venda, que pena! Sem mais palavras...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Reflexão


Se você precisar de descanso
Não descanse muito mais que o necessário
Porque ferro parado enferruja
Água estagnada apodrece
E, além disso, talvez, mais tarde, lhe falte tempo
Para terminar a tarefa da existência
E é trágico demais morrer inacabado...
(Autoria Desconhecida)

domingo, 12 de fevereiro de 2012

sábado, 11 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Wando

Chora, coração! Passarinho na gaiola feito gente na prisão...

E a música popular brasileira perdeu um dos grandes ícones do cancioneiro romântico (também chamado de brega)! Foi-se mais cedo do que o comum, da maneira que costuma fazer jus aos artistas: preferem viver dez anos a 1000 que mil anos a 10! Wando marcou não apenas uma, mas várias gerações com suas cantigas melosas, com aquela abundância de metáforas nos versos que imortalizaram muitas delas. Quem não se lembra de - "Moça, sei que já não és pura, teu passado é tão forte, pode até machucar..." ou então - "Coisa, coisa cristalina, mata meu desejo, mata minha sede, deixa eu te querer ôôô...." e o seu maior sucesso "Quando tão louca me beija na boca me ama no chão...". Pois é! É brega mas é pop, todo mundo sabe cantarolar. 

Wando, descanse em paz!


terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

O Gênero dos Substantivos

Para disseminar conceitos errados e assassinar a língua pátria, a internet é imbatível! Inúmeras vezes eu já me peguei questionando onde o redator de uma determinada notícia haveria se formado. São tantos foras linguísticos que fazem minha face corar de vergonha! Alguma vez você já sentiu vergonha alheia? Sim, o tipo de vergonha que você sente por uma pessoa. Eu sinto isso toda vez que vejo com um texto mal redigido, com profissionais despreparados para a escrita e oratória. E eu, não erro nunca?Ah, erro! Mas procuro pesquisar muito antes de publicar qualquer bobagem! 

Ultimamente, o que mais tem me incomodado é o uso inadequado dos artigos na formação do gênero dos substantivos. É um tal de a bebê;  a moça andou descalça, etc., que resolvi postar sobre o assunto. Resumidamente, vamos lá!

Alguns substantivos são 

Biformes (a palavra é a mesma, acrescentando-se ao masculino a desinência -a ou um sufixo feminino):

o menino - a menina                     o senhor - a senhora                    
o mestre - a mestra                      o parente - a parenta                    
o avô - a avó                               o presidente - a presidenta (é correto)

Heterônimos ( formação do gênero por palavras diferentes)

o homem - a mulher                     o boi - a vaca                             
o genro - a nora                           o carneiro - a ovelha                    

Epicenos (para designar animais que só têm um gênero marcado pelo artigo):

a onça macho- a onça fêmea (onço não existe)            
o jacaré macho - o jacaré fêmea (não existe jacaroa)
a cobra macho - a cobra fêmea                                  

Sobrecomuns ( referem-se a pessoas que têm um só gênero, quer se refira a homem ou mulher):

a criança (menino ou menina)                   
o bebê (menino ou menina - NÃO EXISTE A BEBÊ)
 o neném (menino ou menina - NÃO EXISTE A NENÉM)
o cônjuge (marido ou mulher)

Comum de dois gêneros ( a palavra não muda, apenas o artigo é que define o gênero)

o colega - a colega                                o cliente - a cliente                       
o artista - a artista                                  o fã - a fã                                    

Apenas no masculino:

o eclipse - o dó (sinônimo de pena, não é tenho "uma" dó, é um dó) 
o champanhe (lembre-se que é um tipo de vinho, portanto, masculino)
o açúcar - o telefonema - o pijama - etc.

Apenas no feminino:

a pane -               a libido -                 a cal -               a alface, etc.

Bom, sugiro uma boa gramática para quem quiser se aprofundar no assunto. Alguns sites não são confiáveis... Toda vez que ler por aí: "Fulana andou descalça pela areia da praia", pode acreditar - ela estava sem calça. Sim, pois o correto é dizer "ela" andou descalço (sem o calço, de calçado), relativo a caminhar sem chinelo, sapato, bota, tênis, o raio-que-o-parta! Descalça - prefixo des relativizando ausência de elegância, humanidade, ânimo, etc. (deselegância, desumanidade, desânimo). Descalça? Nunca!

Observações finais: 
  • personagem é aceito tanto no feminino (a personagem) quanto no masculino (o personagem). Personagem vem de persona (pessoa)!
  • Grama no sentido de peso é SEMPRE no masculino - quinhentos gramas de mussarela e não quinhentas gramas de mussarela!
  • Metade de hora é meia e não meio: meio dia e meia e não meio dia e meio!

Depois quero postar sobre o número dos substantivos, que também É UÓ!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Rita Lee

As polêmicas envolvendo o mundo artístico parecem não ter fim. Desde o grande último bafão das "celebridades", no qual Rafinha Bastos disse que comeria Wanessa e seu bebê, ao vivo, em rede nacional pelo programa CQC, as coisas ganharam contornos bizarros! Ele saiu do programa e da Band, ela e seu marido-empresário estão processando o humorista e por aí vai. Depois veio o anúncio da separação da dupla Zezé di Camargo e Luciano que, chateado pelo fato do irmão estar de namorada nova (segundo eu li), deu aquele piti no palco e depois se entupiu de remédios e uísque. Quase morreu. Também li que ele teria tentado suicídio, mas nada foi confirmado e abafaram o caso. 

Na semana passada o bafafá aconteceu no último show de Rita Lee, em Aracaju (sites, please, Aracaju não tem acento!!!), quando alguns policiais começaram a revistar a plateia. Ela ficou irritada com a postura "que deselegante" dos militares e interveio (não é interviu) de forma virulenta de quem não se abaixa para os excessos de autoritarismo. Ao chamar os cabras-machos de cavalos e outras coisas mais, Rita foi intimada a comparecer à delegacia para prestar depoimento por desacato. Engraçado, eu não tive notícia de que policiais interferissem nos shows feitos no Rio e em São Paulo. Eu mesma estive presente ano passado no show do U2, em sampa, e nada disso aconteceu. O policiamento era para a segurança do público e não para procurar maconha e pó. Foi isso que irritouRita! É óbvio que rola droga nesses eventos. E os organizadores sabem disso. Por que então esta revista na plateia durante o espetáculo?

Rita Lee é e sempre será a diva do rock nacional. Seu legado para a MPB é de um valor incalculável! Ela fez história desde os Mutantes até sua parceria com Roberto de Carvalho. Talvez a galera de hoje não conheça suas músicas ou até as achem caretas. Mas Rita Lee tem acervo, discografia, nome e prestígio! Quem não se lembra de Baila Comigo, Caso Sério, Lança Perfume, Doce Vampiro, Ovelha Negra, On The Rocks, Amor e Sexo, etc! Nossa, delícias de música!

A pessoa Rita Lee deve ser separada da artista Rita Lee. Ela já disse publicamente ter tido sérios problemas de saúde por sua dependência química, já esteve internada para rehab, modificou seu rosto de forma assustadora, em nada lembrando hoje aquela moça de olhar e sorriso doces que um dia encantou este país! Mas isso é um problema dela, da vida dela! Mesmo tendo me assustado ao vê-la dando entrevista para o Fantástico há duas semanas atrás, eu não desacreditei da artista que ela é. O problema das escolhas erradas é que só a pessoa pagará por elas. Não estou aqui para julgá-a! E espero que Rita Lee ainda possa nos brindar com ótimas canções! Rita forever...