domingo, 8 de março de 2015

Mulher . . . Mulher


Eu aceito. Aceito todas as homenagens pelo dia da mulher. Aceito que me abracem, me beijem e, com delicadeza, aceito que trancem meus cabelos. Eu respiro a atmosfera densa do preconceito, do machismo erudito e dissimulado ao ouvir - essa é pra casar! Transbordo em lágrimas ao ver minha semelhante perder um filho, perder o brilho, perder-se a si mesma... Eu sinto. Sinto a feminilidade na sua maior essência - aquela que nos diferencia dos machos e dos machistas. Eu sinto compaixão pela mulher que julga e discrimina outra mulher. Eu renuncio a intolerância contra toda e qualquer espécie feminina. Mulher... Eu amo ser!

Christiane Bianchi