quinta-feira, 15 de março de 2012

Onde Deus possa me ouvir


Em 2004 / 2005 eu fiz pós-graduação em Literatura, Arte e Mídia e, na época, tive oportunidade de conhecer algumas boas pessoas, com as quais até hoje mantenho contato. Engraçado é que, ao mudar de escola em setembro, reencontrei uma colega do curso, a Laura. Achei sensacional, pois não é todo dia que Deus coloca uma "Laura" na vida da gente. Ela é uma pessoa incrível, daquele tipo que, quando você olha, você sente paz! Foi um dos melhores reencontros que eu pude ter na vida. Um dia, falando sobre música, Laura me disse sobre gostar muito do Vander Lee. Confessei a ela não ser conhecedora de sua obra, enfim, meio encabulada, me sentindo fora do contexto. Com toda aquela boa vontade do mundo, Laura me emprestou um CD do cantor. Isso eu admiro, pois CD, livro e escova de dente, não se emprestam! E daí ela me disse para ouvir com atenção a faixa "Onde Deus possa me ouvir" e ficou cantarolando no meio da sala... Ouvi, senti, me emocionei e vim compartilhar. Algumas canções de tão simples e sublimes tocam nossa alma e nos trasportam para outra dimensão... Obrigada, Laura! Esta eu devo a você!


Sabe o que eu queria agora, meu bem?
Sair chegar lá fora e encontrar alguém
Que não me dissesse nada
Não me perguntasse nada também
Que me oferecesse um colo ou um ombro
Onde eu desaguasse todo desengano
Mas a vida anda louca
As pessoas andam tristes
Meus amigos são amigos de ninguém.

Sabe o que eu mais quero agora, meu amor?
Morar no interior do meu interior
Pra entender porque se agridem
Se empurram pro abismo
Se debatem, se combatem sem saber

Meu amor...
Deixa eu chorar até cansar
Me leve pra qualquer lugar
Aonde Deus possa me ouvir
Minha dor...
Eu não consigo compreender
Eu quero algo pra beber
Me deixe aqui pode sair.

Adeus...

http://youtu.be/19OaxjeKkvo