terça-feira, 6 de abril de 2010

Contagem Regressiva

Faltam 6 dias para os meus 40 anos
 Sessão Nostalgia - Anos 70


Quem é contemporâneo vai lembrar. Saudosos Anos 70

A primeira turma do Sítio - inigualável, inesquecível! Sítio
A moda das meias lurex lançada pela novela Dancin Days - eu usei, gente!
Melissa simplesinha, lançamento. Tive muitas, me lembro da cinza...
Me lembro da minha mãe usando calça boca de sino - nunca gostei.
E quem tomava banho com sabonete Phebo era muito chique, status.
Tomar groselha misturada no leite para ele ficar vermelhinho. Só criança mesmo, eca!
Atravessar a rua e comprar crush na garrafinha, no bar da dona Laura.
Desde pequena viciada em novelas: Estúpido Cupido "Eu dei meu coração a um belo rapaz/ que prometeu me amar e me fazer feliz/ porém ele me passou pra traz/ meu beijo recusou e meu amor não quis/ hei hei é o fim/ Ó cupido vá longe de mim. Na época ela deu o coração. Se fosse uma música atual o verso seria outro. Celly Campelo
Locomotivas -  não me sai da cabeça a abertura de uma mulher sendo maquiada e saindo linda no final, arrasadora, passando por cima como uma locomotiva mesmo.
O Astro, ah Francisco Cuoco, Dina Sfat, quanta saudade! Márcio e Lili, nossa, parece que foi ontem: "Minha pedra é ametista/ minha cor o amarelo/ mas sou sincero/ necessito ir urgente ao dentista/ Eu sei/ na idade em que estou/ aparecem os tiques as manias/ transparentes/ transparentes feito bijuterias pelas vitrines/ da Sloper da alma." Nunca entendia esta última frase. Só no google mesmo, muito, muito tempo depois. João Bosco
E Natal? Bonecas. Tinha muitas bonecas, mas a Mãezinha era a minha preferida. Com aquele bebezinho no colo e musiquinha que tocava para niná-lo quando dava corda. E a Emília! Nossa, aqueles cabelos de lã, eu fazia muita trancinha nela. Que pena, não guardei nenhuma. A minha primeira boneca não tinha grife e por causa da novela Selva de Pedra coloquei o nome dela de Simone. Viciada desde pequenininha... Depois pedi pra minha mãe trocar o meu nome. Queria chamar Simone. Não raramente as pessoas confundem meu nome e me chamam de Simone, na escola principalmente, porque lá tem um monte delas...
Os sabonetinhos com lantejoulas por cima era sagrado para fazer na escola e dar de presente no dia das mães. Lembro que fiz um no sabonete de limão com brilho dourado. Desde cedo o artesanato me pegou...
E músicas? Nossa, só AM. Radinho de pilha ouvindo Fernando Mendes "Quero gritar o teu nome/abrir todo o meu coração/quero mostrar como é grande/ a minha paixão/ já não sei mais o que faço/ pra chamar a sua atenção/ eu queria dizer que te amo/numa canção." Nunca, nunca me esqueci desse refrão... Fernando Mendes
Lílian "Eu sou rebelde porque o mundo quis assim/ porque nunca me trataram com amor/ e as pessoas se fecharam para mim". Esta música é a história da minha vida. Lílian
Frenéticas "A gente às vezes sente sofre dança sem querer dançar/ na nossa festa vale tudo/ vale ter alguém como eu/ como você"  É, a vida imita a arte. Abafa o caso. As Frenéticas
Por onde anda o Abba? "Dancing queen, Fernando, SOS, tantas. ABBA Fernando
E a paraguaia Perla com aquele cabelo monumental, com o comprimento igual ao da muralha da China! Eu morria de inveja, pois minha mãe cortava meu cabelo igual de Joãozinho. Perla era cover do Abba, cantava Chiquititas.

É isso aí!