sexta-feira, 23 de abril de 2010

São Jorge, por favor...

Me empresta o dragão!



23 de abril
Dia do Santo Guerreiro



ORAÇÃO A SÃO JORGE


Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me enxerguem e nem em pensamentos eles possam me fazer mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.

Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos.

Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.

Jorge, um soldado nascido na Capadócia, atual Turquia, mudou-se muito cedo para a palestina dominada pelo tirano imperador romano Diocleciano. Jorge foi promovido pela sua dedicação e habilidade a capitão do exército romano e passou a exercer altas funções na corte imperial. Como Diocleciano tinha intenção de matar todos os cristãos, Jorge se rebelou, provocando a ira do imperador. Depois de muita tortura para renunciar sua fé em Jesus Cristo e, não obtendo êxito, por ordem de Diocleciano  foi degolado no dia 23 de abril de 303, aos 23 anos. Sua sepultura está na Lídia, Cidade de São Jorge, perto de Jerusalém, na Palestina. São Jorge é o cavaleiro da cruz que derrota o dragão do mal, da dominação e exclusão.