quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Rita Lee

As polêmicas envolvendo o mundo artístico parecem não ter fim. Desde o grande último bafão das "celebridades", no qual Rafinha Bastos disse que comeria Wanessa e seu bebê, ao vivo, em rede nacional pelo programa CQC, as coisas ganharam contornos bizarros! Ele saiu do programa e da Band, ela e seu marido-empresário estão processando o humorista e por aí vai. Depois veio o anúncio da separação da dupla Zezé di Camargo e Luciano que, chateado pelo fato do irmão estar de namorada nova (segundo eu li), deu aquele piti no palco e depois se entupiu de remédios e uísque. Quase morreu. Também li que ele teria tentado suicídio, mas nada foi confirmado e abafaram o caso. 

Na semana passada o bafafá aconteceu no último show de Rita Lee, em Aracaju (sites, please, Aracaju não tem acento!!!), quando alguns policiais começaram a revistar a plateia. Ela ficou irritada com a postura "que deselegante" dos militares e interveio (não é interviu) de forma virulenta de quem não se abaixa para os excessos de autoritarismo. Ao chamar os cabras-machos de cavalos e outras coisas mais, Rita foi intimada a comparecer à delegacia para prestar depoimento por desacato. Engraçado, eu não tive notícia de que policiais interferissem nos shows feitos no Rio e em São Paulo. Eu mesma estive presente ano passado no show do U2, em sampa, e nada disso aconteceu. O policiamento era para a segurança do público e não para procurar maconha e pó. Foi isso que irritouRita! É óbvio que rola droga nesses eventos. E os organizadores sabem disso. Por que então esta revista na plateia durante o espetáculo?

Rita Lee é e sempre será a diva do rock nacional. Seu legado para a MPB é de um valor incalculável! Ela fez história desde os Mutantes até sua parceria com Roberto de Carvalho. Talvez a galera de hoje não conheça suas músicas ou até as achem caretas. Mas Rita Lee tem acervo, discografia, nome e prestígio! Quem não se lembra de Baila Comigo, Caso Sério, Lança Perfume, Doce Vampiro, Ovelha Negra, On The Rocks, Amor e Sexo, etc! Nossa, delícias de música!

A pessoa Rita Lee deve ser separada da artista Rita Lee. Ela já disse publicamente ter tido sérios problemas de saúde por sua dependência química, já esteve internada para rehab, modificou seu rosto de forma assustadora, em nada lembrando hoje aquela moça de olhar e sorriso doces que um dia encantou este país! Mas isso é um problema dela, da vida dela! Mesmo tendo me assustado ao vê-la dando entrevista para o Fantástico há duas semanas atrás, eu não desacreditei da artista que ela é. O problema das escolhas erradas é que só a pessoa pagará por elas. Não estou aqui para julgá-a! E espero que Rita Lee ainda possa nos brindar com ótimas canções! Rita forever...