sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Alma de Passarinho

Quando temos um bichinho de estimação, seja de qualquer espécie ou tamanho, sempre ficamos tristes quando ele se vai. Hoje, a hamster do Matheus morreu. Ela ficou conosco por mais de um ano e, neste tempo, teve 7 ninhadas e mais de 30 filhotes. A pobrezinha adoeceu de repente, agonizou por alguns dias a agora há pouco vimos que havia chegado ao fim. Seu miúdo corpinho está sob as flores da jardineira. Ah, ela se chamava Amy e o macho se chama Mike. Ele vai ficar sozinho, brincando na sua minúscula roda gigante...