terça-feira, 30 de dezembro de 2014

O Ano Novo

Deixa ir! Não olhe para trás... Hoje já é passado. Amanhã começa tudo de novo!


O Ano Novo nada mais é do que o início de um novo calendário. Salvo se eu ganhar na mega-sena da virada, tudo vai continuar do mesmo jeito. Aliás, vou ficar mais velha, provavelmente mais chata, menos paciente. Reclamarei do vento, da chuva, do frio, do calor. Visitarei vários médicos, farei muitos exames. Talvez ganhe mais amigos ou, por contradição e calejamento das relações desgastadas, eu perca alguns. Não, eu não estou vibrando porque um novo ano vai chegar. Não comerei lentilhas, nem jogarei oferendas à Iemanjá. Eu vou rezar para ter saúde e paz! Nada vai mudar muito a partir do dia primeiro...