terça-feira, 7 de julho de 2015

Saudades Cazuza

25 anos sem o poeta! Minha geração cresceu ouvindo Cazuza... Ah, cara! Como você estaria hoje, cinquentão? Cazuza moderno, contemporâneo, imitado... Cazuza jamais esquecido!


"Dias sim dias não, eu vou sobrevivendo sem um arranhão da caridade de quem me detesta... A tua piscina está cheia de ratos, tuas ideias não correspondem aos fatos... O tempo não para!"