segunda-feira, 5 de julho de 2010

Até Quando?

"Até quando você vai levando porrada, porrada?
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando porrada, porrada?
Até quando vai ser saco de pancada?"




Mércia Nakashima


Assassinada com requintes de crueldade, possivelmente no dia 23 de maio no interior de SP. Suspeito: o ex-namorado.
Glauciane Hara


Assassinada com mais de 20 facadas pelo ex-amante, em 4 de junho, na cidade de Torres, RS.



 Eliza Samudio
Até o momento está desaparecida. Denúncias dão conta de ter sido espancada até a morte. Ex-amante do goleiro flamenguista Bruno.








Em menos de um mês são três histórias de violência seguida de morte contra mulheres. Estas ainda apareceram na mídia, fora as outras que ninguém fica sabendo. Não é preciso julgar as atitudes das vítimas, já que seus atos, sejam eles quais forem, levaram-nas para um caminho sem volta. O preço que elas pagaram foi alto demais! Quanto aos algozes, resta aguardar se a Justiça vai fazer seu papel ou se a opinião pública irá transformá-las em culpadas e os assassinos em vítimas, como é de costume neste país.


Até quando você vai ficar usando rédea
Rindo da própria tragédia?
Até quando você vai ficar usando rédea
Pobre, rico ou classe média?
Até quando você vai levar cascudo mudo?
Muda, muda essa postura
Até quando você vai ficando mudo?
Muda que o medo é um modo de fazer censura


(Gabriel O Pensador)