quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Eu

Pretendi começar o ano fazendo algumas mudanças. Umas têm a ver com mudança de atitudes, outras, com a vaidade feminina. Decidi começar cortando: cortei velhos hábitos; a papa na língua, pessoas desinteressantes. Por último, cortei os cabelos, bem curtinho. Mas ainda travo uma briga com o espelho. Mudanças radicais requerem tempo de acostumamento. Doei roupas, doei sapatos. Doei meu tempo a pessoas queridas e a outras nem tão queridas assim. Tracei metas. Comecei decidida. Passar dos 40 é um desafio para o qual temos que nos preparar. Como se prepara para uma maratona. Ainda é janeiro, muitas coisas novas virão por aí. Quero ultrapassar a linha de chegada, mas com todas as marcas que o tempo, implacável, me permitir carregar.