terça-feira, 24 de julho de 2012

Salmo 23

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo; a Tua vara e o Teu cajado me consolam.


Amém!