quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Dizeres de Sabedoria


"Não estás deprimido, estás distraído. Distraído em relação à vida que te preenche, distraído em relação à vida que te rodeia. Golfinhos, bosques, mares, montanhas, rios. Não estás deprimido, estás distraído. Por isso acreditas que perdeste algo, o que é impossível, porque tudo te foi dado.

Não fizeste um só cabelo de tua cabeça, portanto não és dono de coisa alguma. Eu fico bem, decidindo a cada instante o que desejo fazer, e, graças à solidão, conheço-me... O que é fundamental para viver.

Além disso, a vida não te tira coisas: te liberta de coisas... Alivia-te para que possas voar mais alto, para que alcances a plenitude.

Do útero ao túmulo, vivemos numa escola; por isso, o que chamas de problemas são apenas lições. Não perdeste coisa alguma: aquele que morre apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção.

E não esqueças, que o melhor dele, o amor, continua vivo em teu coração."

Facundo Cabral