terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Cadê o Acento?

Para refrescar a memória e fazer bonito neste ano letivo, seguem abaixo algumas regras que já estão valendo desde o início de 2009. Tome nota:

Palavras com vogais repetidas não são mais acentuadas. Exemplo:

voo - enjoo - creem - leem - veem - deem - etc.

Palavras paroxítonas com ditongos abertos também perderam o acento. Exemplo:

joia - assembleia - ideia - paranoica - jiboia - plateia - colmeia - mesosoica - claraboia - estoica - etc.

Palavras oxítonas terminadas em ditongo aberto continuam sendo acentuadas. Exemplo:

céu - pastéis - véu - méis - coronéis - anéis - véu - herói - dói - corrói - destrói - etc.

Nunca acentuamos palavras oxítonas terminadas em U(s) ou em I(s). Exemplo

angu - jacu- Paracatu - tatu - caju - saci - caqui - vi - nu - pus - alguns - venci - bebi - etc.

Acentuamos o U e o I quando forem hiatos tônicos, seguidos ou não de S.

baú - itaú - Carandaí - Tatuí - Havaí - açaí - Jaú - juízo - paraíso - balaústre, etc.

Recordando:

Oxítona: palavra com a última sílaba tônica. Pode ou não ser acentuada.

Paroxítona: palavra com a penúltima sílaba tôncia. Pode ou não ser acentuada

Proparoxítona: palavra com a antepenúltima sílaba tônica. Todas são acentuadas, sem exceção.

Monossílabos tônicos e átonos: possuem apenas uma sílaba. Alguns são acentuados, outros não.

Ditongo: econtro de duas vogais na mesma sílaba. Ex.: pão, história, caos, etc.

Hiato: encontro de duas vogais em sílabas diferentes. Ex.: coelho, ciúme - miolo - etc.

Dígrafos: encontro de duas letras para indicar um único som. Ex.: ninho (nh) - fillho (lh) pássaro (ss) - carro (rr)
piscina (sc) - excelente (xc), ontem (on), mente (en), etc.

Depois darei mais dicas. Por hoje é só...

Christiane