terça-feira, 29 de julho de 2014

Minha Prece


Hoje eu quero rezar. Transformar meu choro em prece. Rezo pelas vítimas da Palestina e de Israel, pelas centenas de  mortos dos acidentes aéreos, pelos queridos escritores brasileiros que se foram em menos de uma semana. Rezo pelos desesperados, desesperançosos, por aqueles que imergem nas profundezes de um poço, muitas vezes sem fundo, à procura de respostas. 

Hoje estou sensível. Eu ando chorando até em cena de novela e música vintage. Parece uma grande cafonice escrever tudo isso. Mas às vezes sou arrebatada por um sentimento de angústia que somente extravaso através da escrita. E quanto mais solitária, mais inspirada eu fico. A madrugada faz minhas ideias fervilharem. Então, eu peço também por mim. Pelo fim da dor no peito, das dores do corpo. Rezo pela minha família - minha mãe, meu pai, irmãs, sobrinha, meu avô que não está muito bem - e, perdoem-me, mas rezo principalmente pelos meus filhos e pelo meu companheiro. 

Rubem Alves tinha medo da morte. Mas quando ele viu que seu caso era irremediável, pediu que ela não se demorasse muito. Rezo por Rubem Alves, que de pastor presbiteriano terminou seus dias dizendo-se ateu. 

Rezo por aqueles que estão no leito de um hospital sem esperança de vida. Pelos que se encontram nas penitenciárias, no cenário mais obscuro que se possa imaginar. Pelos moradores de rua. Pelos dependentes químicos e pelos dependentes de todas as coisas inatingíveis. Rezo pelas pessoas que necessitam viver paixões frívolas, por aquelas que não sabem amar e por aquelas que de tanto amarem, morrem de amor.

Hoje eu quero estar no barco durante a tempestade e não ter medo, porque Ele está comigo. E me ouvirá. E irá acalentar os corações de todos os necessitados. 

Christiane Bianchi

Pai Nosso que estás no céu e em toda parte, santificado seja o Teu amado nome. Venha a nós o Teu reino de amor e de bondade. Seja feita a Tua vontade, assim na terra como em todos os reinos espirituais. O pão nosso do corpo e da alma dai-nos hoje e sempre. Perdoa as nossas dívidas e nos ensina a perdoar os nossos devedores. E também não nos deixe cair em novas tentações. Livra-nos de todos os males.

Amém.